NOTÍCIAS

Mogi terá venda de peixes ornamentais no Mercado do Produtor

Sexta-feira, 07 de Agosto de 2009

Enviar por e-mail
Fechar
Enviar para um amigo
Seu nome:
Nome do destinatário:
Preparar para impressão

3846

visualizações

Mogi terá venda de peixes ornamentais no Mercado do Produtor

Mercado de peixes ornamentais de Mogi será uma das maiores do setor na Grande São Paulo, com 50 expositores em área de 700 metros quadrados

A partir da próxima sexta-feira (14/08), Mogi das Cruzes passará a sediar, semanalmente, entre 14 e 16 horas, um dos maiores espaços de venda por atacado de peixes ornamentais, acessórios e plantas da Região Metropolitana de São Paulo. Aproximadamente 50 expositores vão ocupar uma área de 700 metros quadrados no Mercado do Produtor, no bairro do Mogilar.

Nesta sexta, o grupo participou de uma reunião preparatória para o início da venda. “As perspectivas são muito positivas, pois a adesão dos criadores e comerciantes à nossa idéia foi muito grande. Todas as vagas disponíveis estão preenchidas e temos 20 pessoas na fila de espera, querendo vender seus produtos em Mogi”, destacou o secretário municipal de Agricultura, Osvaldo Nagao.

A ação, segundo o secretário, faz parte do programa para revitalizar, gradativamente, o Mercado do Produtor. “Quando falamos em revitalização, não estamos nos referindo apenas à questão física, mas também na profissionalização do comerciantes, que estão reformando seus boxes, na melhoria da limpeza e na ampliação do mix de produtos”, assinalou Nagao, estimando que a venda de peixes pode gerar mais de 100 empregos.

Para os expositores, a vantagem de Mogi em relação ao município de Guarulhos, onde ocorre outra grande feira de peixes ornamentais, é a localização da cidade e o fácil acesso. “Aqui é muito mais fácil de chegar, não tem o trânsito da Dutra e, além disso, fica na metade do caminho para o Vale do Paraíba e litoral. Somente aqui em Mogi vamos trabalhar com três funcionários”, afirmou o criador Dênis Sérgio Livani, de Ribeirão Pires.

A empresária Celina Parré é de Cotia, na Grande São Paulo, e aposta no mercado atacadista de Mogi das Cruzes para conquistar clientes de São José dos Campos, Taubaté e outras cidades do Vale do Paraíba. “Nós trabalhamos com todos os tipos de acessórios para aquários e vamos precisar, pelo menos, de três funcionários para demonstração dos equipamentos. Hoje, praticamente não temos cliente aqui na região e queremos mudar esta situação”, salienta.

A agricultura Luiza Satomi Adashi produz plantas aquáticas e de terrário no sítio localizado às margens da Mogi-Bertioga. Atualmente seus produtos são vendidos em Guarulhos. “Por enquanto vamos vender os produtos nas duas cidades, mas daqui a algum tempo queremos ficar apenas em Mogi, porque vamos estar bem pertinho de casa”.
454 ANOS DE MOGI

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Palavra-chave

Qualquer um dos termos:

Procura por notícias que contenham, no título ou no corpo do texto, pelo menos um dos termos digitados no campo 'Palavra-chave'.


Todos os termos:

Procura por notícias que contenham, no título ou no corpo do texto, todos termos digitados no campo 'Palavra-chave', em qualquer ordem de aparição.


A frase exata:

Procura por notícias que contenham, no título ou no corpo do texto, a frase exata que foi digitada no campo 'Palavra-chave'.

Órgao
Data


Ordenar
PESQUISAR NOTÍCIAS