Parque Empresarial

Home > Desenvolvimento Econômico e Social > Empresas > Parque Empresarial

Parque Empresarial

O parque empresarial de Mogi das Cruzes reúne mais de 20 mil empresas que desenvolvem as mais diversas atividades nos setores industrial, comercial, de serviços e agronegócios.

Indústrias
O parque industrial não para de crescer. Hoje, Mogi abriga mais de 400 indústrias, muitas de grande porte, como a General Motors, Valtra, NGK, Gerdau, Kimberly-Clark, Hoganas, Petrom, entre outras, que geram mais de 20 mil empregos. Além delas, a economia local se concentra também nas micro e pequenas empresas. A atividade fabril é bastante diversificada, abrangendo empresas do ramo automobilístico, siderúrgico, extração mineral, gesso, couro, alimentício, mobiliário, químico, entre outros.

Serviços
O setor de prestação de serviços é o segundo maior empregador em Mogi das Cruzes. As mais de 12 mil empresas da área geram 12 mil empregos diretos. O desenvolvimento da cidade estimula a abertura de dezenas de novos empreendimentos todos os meses. Destaque para a instalação de grandes empresas de call center, que, sozinhas, empregam mais de 5 mil trabalhadores.

Comércio
A cidade possui o maior centro comercial da Região do Alto Tietê. São mais de 5.200 mil estabelecimentos comerciais que empregam 17 mil trabalhadores. Mogi hoje ocupa a 56ª colocação entre os 5.564 municípios brasileiros no Índice de Potencial de Consumo - IPC e a 16ª posição no ranking estadual. Destaque para as concessionárias de veículos de todos os fabricantes nacionais e das principais marcas importadas.

Agronegócio
Apesar do constante crescimento industrial e empresarial do município, a agricultura de Mogi das Cruzes permanece como uma atividade econômica geradora de emprego e renda. A cidade é considerada polo irradiador de tecnologia no cultivo de vários itens. Hoje, é a maior produtora nacional de caqui (40 mil toneladas/ano), orquídeas (2,5 milhões de vaso/ano), cogumelos comestíveis (8 mil toneladas/ano), nêspera (750 toneladas/ano) e hortaliças (500 mil toneladas/ano).

SAÚDE
PREFEITURA