4º Salão de Artes de Mogi das Cruzes é prorrogado até o dia 19 de janeiro

Secretaria de Cultura

08 de janeiro de 2018
Acessibilidade

O 4º Salão de Artes de Mogi das Cruzes, que ocupa a Galeria de Artes Wanda Coelho Barbieri desde o dia 8 de dezembro, será prorrogado até o dia 19 de janeiro. A mostra, a princípio, seria encerrada nesta segunda-feira (08/01), porém será mantida por mais duas semanas em razão da grande visitação.

A exposição, que neste ano homenageia o artista plástico Idalício da Silva, é composta por 32 obras no total, sendo 14 da categoria acadêmica tradicional, 14 da categoria contemporânea e quatro obras do homenageado.

Na categoria acadêmica tradicional, as obras vencedoras são assinadas por Luis Pasqualini, de São Caetano do Sul, e pelos mogianos Felipe Luiz e José Augusto. Já na categoria contemporânea, o primeiro lugar ficou com Edval Pessoa, de Ribeirão Preto, o segundo foi para Samantha Brambilla, de Campinas e o terceiro para Natália Lemes, de Mogi.

O Salão de Artes de Mogi das Cruzes é um evento que busca fomentar, promover e difundir a produção artística, além de estimular a reflexão e o intercâmbio de ideias no campo das artes visuais, contribuindo para a formação de público e para a construção da história da arte mais recente no país. Ele segue os horários de funcionamento do Centro Cultural. A entrada é livre e gratuita a todos os interessados.

Idalício da Silva, o homeageado do Salão de Artes deste ano, nasceu em 21 de setembro de 1926, em Mogi das Cruzes. Iniciou sua vida profissional no ramo do comércio, porém logo se descobriu artista. Ingressou então no mundo das artes e foi inclusive um dos fundadores da Associação Mogiana de Belas Artes (Amba). Mantinha um ateliê na cidade, onde passou, ao longo dos anos, seus conhecimentos a muitos alunos. Teve quatro filhos e um deles - Henrique da Silva,  seguiu os passos no mundo dos artes. O sucesso de suas obras sempre foi atribuído à harmonia de traços e cores que apresentava em seus trabalhos. Idalício veio a falecer em 25 de maio de 2004.

Os artistas mogianos que participam do 4º Salão de Artes são: Adelaide L. Swettler, Bruno Aramaki Dantas, Cláudia Vieira, Davi Forte, Felipe Luiz, José Augusto Silva, Juliana Veloso, Jurema Bicalho, Maria Aparecida Lenti Ferrais, Olga Duarte Nóbrega, Natália Lemes e Rodrigo Tattoo.

Já os artistas de outras cidades são: Luiza Yoko, de Biritiba Mirim, Luis Pasqualini, de São Caetano do Sul, Paulo Tosta, de Jaboticaba, Ubirajara Júnior, de Ribeirão Preto, Dalton Sesoko, de Suzano, Edvaldo Pessoa, de Ribeirão Preto, Jhoão Henr, de São Paulo, Júlio Vieira, de São Paulo, Maria Inês Simões Siqueira, de Campinas, Matheus Souza, de Americana, Mônica Crepaldi Watanabe, de Ribeirão Preto, Omar Jee, de São Paulo, Ricardo Franzino, de São Paulo, Samantha Brambilla, de Campinas, Tom Wray, de São Paulo e Tony Watanabe, de Cravinhos. (Lívia de Sá)