Agenda do Junho Verde tem início nesta terça-feira, com ampla programação

Secretaria do Verde e Meio Ambiente

04 de junho de 2018
A programação do Junho Verde acontece de 5 de junho a 1º de julho de 2018.

Em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado oficialmente nesta terça-feira (5/6), a Prefeitura de Mogi das Cruzes, por meio da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente e outras Secretarias parceiras, dá início nesta terça à agenda do Junho Verde. Será um mês inteiro de programação especial, com ações educativas, de debates e palestras e também medidas práticas, como plantio de mudas.

A primeira ação da agenda acontece nesta terça-feira (05/06), Dia Mundial do Meio Ambiente, com a abertura oficial do Junho Verde, que será realizada no Auditório da Prefeitura, a partir das 9 horas. O evento contará com a presença de diversas autoridades, incluindo o secretário estadual da Cultura, Romildo Campello. Às 9h30 acontecerá uma apresentação do Quarteto de Cordas, que pertence ao projeto Orquestra Sinfônica de Mogi das Cruzes e, na sequencia, terá início um ciclo de palestras e debates.

O foco das discussões será a criação da APA (Área de Proteção Ambiental) da Serra do Itapeti e a região de uma forma geral, que possui três Unidades de Conservação Permanente: o Parque Natural Municipal Francisco Affonso de Mello, a Estação Ecológica do Itapeti e a RPPN (reserva particular do patrimônio natural) Botujuru.

No evento, serão apresentados dados da vegetação remanescente, a possibilidade da criação de corredores ecológicos e a criação do Plano Municipal da Mata Atlântica de Mogi das Cruzes. Será apresentados ainda um levantamento das comunidades que vivem no entorno das unidades de conservação da Serra do Itapeti, na chamada zona de amortecimento.

Participarão desse ciclo de discussões o secretário municipal do Verde e Meio Ambiente, DanielTeixeira de Lima, o professor Ricardo Sartorello, a bióloga e mestre em Políticas Públicas, Jessica Paloma Ferreira, a também bióloga e mestre em Políticas Públicas, Camila Oliveira Silva e, representando o Instituto Auá – Projeto Pomares da Mata Atlância, Hamilton Trajano.

Após a abertura, as ações programadas para a próxima semana são um plantio de mudas de Cambuci no Parque Leon Feffer e o evento “Ambiente Móvel”, que é promovido pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente, com o objetivo de informar, discutir e encaminhar pendências ambientes da região.

Para o restante do mês, serão promovidas atividades como a Feira de Produtos Orgânicos, que acontecerá todo sábado no Parque da Cidade, um Festival de Pipas no Parque Centenário, um trabalho de reintrodução de espécies endêmicas de orquídeas da Mata Atlântica no Parque Municipal, uma caminhada ecológica, um passeio ciclístico, a reativação do viveiro do Parque Leon Feffer, a Mostra de Vídeos Ambientais, a comemoração dos dez anos do Parque Centenário, dentre muitas outras ações.

Veja abaixo a programação do Junho Verde, que está sujeita a alterações. (Lívia de Sá)

Anexos