Cresamu recebe duas novas ambulâncias para renovação da frota em Mogi e Salesópolis

Secretaria de Saúde

10 de janeiro de 2017
Acessibilidade

O Consórcio Regional do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Cresamu) receberá duas ambulâncias para renovação da frota, uma delas para utilização em Mogi das Cruzes e a outra para Salesópolis. O Cresamu conta atualmente com 15 ambulâncias (duas avançadas, nove básicas e quatro reservas técnicas) que atendem os municípios de Mogi as Cruzes, Biritiba Mirim, Salesópolis, Guararema e Arujá. As duas novas viaturas substituirão veículos mais rodados e com necessidade de manutenção. Embora o Consórcio pleiteie oito novas ambulâncias para a substituição dos carros mais antigos, a renovação chega num bom momento. "O Samu é um serviço que veio para ficar e que já salvou várias vidas em nossa região. Um dos mais novos investimentos na qualidade do atendimento foi a instalação de uma base do Samu na recém-inaugurada UPA do Oropó, fundamental para os atendimentos de toda aquela região da cidade", explicou o secretário municipal de Saúde e presidente do Cresamu, Marcello Delascio Cusatis, que representou o prefeito Marcus Melo no evento. O anúncio foi feito nesta tarde de terça-feira (10/01), na sede da Prefeitura de São Paulo, com a presença do ministro da Saúde, Ricardo Barros, do prefeito da Capital, João Dória, e outros gestores de municípios contemplados com novas viaturas. O Estado de São Paulo está recebendo 81 novas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) para renovação da frota. Do total, 51 ambulâncias fazem parte dos 204 veículos novos adquiridos para todo o Brasil, ao custo de R$ 30,7 milhões, e 30 foram remanejadas do Rio de Janeiro após apoio nas Olimpíadas e Paralimpíadas de 2016. Atualmente, o SAMU de São Paulo atende 81,29% da população e está presente em 377 municípios. Em Mogi das Cruzes, o Samu funciona por meio de um Consórcio que integra cinco municípios. Desde a sua implantação, em 2011, o Samu funciona plenamente com equipe completa de profissionais e sem desfalque de ambulâncias. "Quando há manutenções de rotina, usamos nossas reservas técnicas para a garantia do atendimento à população", explica o secretário. Em cinco anos foram realizados 394.760 atendimentos, dos quais 164.169 de urgência e emergência. Cure 192 Os atendimentos incluem, ainda, remoções intermunicipais, transportes para tratamento de hemodiálise e remoções entre as unidades de saúde, entre outros serviços que contemplam a Cure 192 - Central de Urgências, Remoções e Emergências. Instalada junto ao Corpo de Bombeiros, a Cure 192 concentra todas as chamadas emergenciais dos cinco municípios do Cresamu e as solicitações de ambulâncias para ações eletivas por meio de uma integração que inclui também o Corpo de Bombeiros. O modelo mogiano tem servido de exemplo para outros municípios e deve ser adotado pela Prefeitura de São Paulo, como comentou o prefeito João Dória durante entrevista à imprensa nesta terça-feira.