Exposição Eclético 2, de Jorge Solyano, será mantida no Centro Cultural até 2 de março

Secretaria de Cultura

14 de fevereiro de 2018
Acessibilidade

A exposição Eclético 2, assinada por Jorge Solyano, que ocupa a Galeria de Artes Wanda Coelho Barbieri, no Centro Cultural de Mogi das Cruzes desde o dia 26 de janeiro, será prorrogada até 2 de março. A princípio, a mostra se encerraria juntamente ao término do 5º Festival de Verão, no dia 10 de fevereiro, mas em razão da grande visitação, a atração será mantida por mais algumas semanas.

A mostra, que pode ser considerada uma coletânea da trajetória profissional do artista, reúne cerca de 25 obras, produzidas com diversas técnicas, desde acrílico, tinta a óleo, até a aerografia.

Esta última, como conta o artista, tem sido a principal técnica adotada em seus trabalhos, principalmente pelo aspecto de interação que ela possibilita. “Vou trabalhar sobre vários objetos e também quero permitir que o público interaja com a obra. Por isso, tenho trabalhado bastante com a técnica da aerografia e sempre com o viés do realismo”, pontua.

A temática negra, que já é uma característica de Solyano, também estará presente nesta mostra – o artista, inclusive, trabalha com a ONG Fraternidade sem Fronteiras e faz a doação de obras, que são leiloadas e cujos recursos arrecadados são utilizados para sustentar crianças africanas.

Esta não será a primeira exposição individual de Solyano, porém, como conta o artista, há muito tempo ele não conduzia sozinho uma mostra na cidade. “É muito gratificante ter a oportunidade de fazer algo assim novamente”, frisa.

Jorge Solyano é nascido em Mogi das Cruzes e desde 2001 se dedica integralmente às artes plásticas. Ele cursou Artes Plásticas na Escola Panamericana de Artes e História da Arte no Museu Brasileiro de Escultura de São Paulo.

A exposição Eclético 2 poderá ser visitada pelo público de segunda a sábado, das 8h às 18h, conforme o horário de funcionamento do Centro Cultural. A entrada é gratuita.

O Centro Cultural de Mogi das Cruzes fica na Praça Monsenhor Roque Pinto de Barros, 360, na área central. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4798-6900. (Lívia de Sá)