Mogi das Cruzes receberá prêmio de Qualidade de Informações sobre Mortalidade

Secretaria de Saúde

13 de julho de 2018
Acessibilidade

Mogi das Cruzes está entre os municípios paulistas indicados para o Prêmio de Qualidade de Informações sobre Mortalidade no Estado de São Paulo. A Premiação Estadual SIM e Sinasc será entregue no dia 31 de julho, às 8 horas, na Faculdade de Medicina da USP, em São Paulo.

Os dados analisados pela equipe técnica são referentes aos anos de 2015 e 2016, quando o município registrou, respectivamente, 3.228 e 3.421 óbitos. Mogi das Cruzes faz parte da categoria de municípios que apresentaram mais de 500 declarações de óbitos por ano e será premiada ao lado de outras 13 cidades.

Entre os critérios para concessão da Premiação Estadual SIM e Sinasc estão: oportunidade de notificação no sistema, pontualidade, completude de campos de dados estratégicos e campos de informações, dados qualificados dos óbitos, óbitos infantis, dados da mãe, gestação e parto.

“Essa premiação é resultado de um trabalho de excelência realizado pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica, que mantém o monitoramento constante dos dados solicitados, sempre atualizados em conformidade com os prazos e critérios solicitados pelo Estado. Sabemos que não é uma tarefa fácil, afinal, nossa equipe depende de informações repassadas por outros órgãos e serviços, mas os esforços conjuntos foram reconhecidos”, explica o secretário municipal de Saúde.

O prêmio será concedido aos municípios que apresentaram os bancos de dados do Sistema de Informações de Mortalidade (SIM) e Sistema de Nascidos Vivos (Sinasc) com padrões de qualidade definidos e categorizados de acordo com os critérios estabelecidos. O SIM/Sinasc é um sistema informatizado com a premissa de descentralização do processo de coleta, processamento e consolidação de dados quantitativos e qualitativos, referentes aos óbitos e nascimentos informados em todo território nacional. Trata-se de uma importante ferramenta de gestão por possuir variáveis que permitem formulação de indicadores epidemiológicos estratégicos para planejamento de ações em diversas áreas de assistência à saúde.