Vila Andrade, em Sabaúna, terá sistema autônomo de coleta e tratamento de esgoto

Serviço Municipal de Águas e Esgotos

18 de janeiro de 2019
Acessibilidade

O Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) de Mogi das Cruzes deve concluir neste semestre a implantação de um sistema autônomo de esgotamento sanitário na Vila Andrade, em Sabaúna. O investimento é de R$ 3,2 milhões na construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto, 900 metros de rede e três estações de bombeamento, na área central do Distrito. A capacidade de tratamento será de 9 litros por segundo para atender uma população de 4.000 pessoas.

Atualmente, a autarquia trabalha na construção da estação de tratamento e nas estações elevatórias, que são unidades que operam com bombas e elevam o esgoto até um ponto onde possa seguir por gravidade até o local de tratamento.

Os trabalhos estão bem adiantados e chegam à fase final Já foram concluídos as redes que funcionarão por gravidade (sem necessidade de bombeamento), as contenções com rachão e gabião e demais obras civis.

A Vila Mathias, também na região central de Sabaúna, será contemplada posteriormente. O bairro está incluído no projeto de sistemas de esgotamento sanitário em núcleos isolados, que está em fase de elaboração.

O investimento é de R$ 5,7 milhões, sendo R$ 4,6 milhões com recursos do Governo Federal (Ministério das Cidades) e R$ R$ 1,1 milhão do Município. Nesta etapa, estão sendo feitos os projetos para, posteriormente, o Semae buscar recursos para as obras.

Além da Vila Mathias, os demais núcleos isolados contemplados serão Biritiba-Ussu, Chácara Guanabara, Jardim Nove de Julho, Parque São Martinho, Parque Varinhas, Quatinga e Taiaçupeba. (Julio Nogueira)