Obras do Corredor Leste-Oeste avançam e permitirão nova ligação com o Rodoanel

Secretaria de Obras

04 de setembro de 2018
Acessibilidade

O prefeito em exercício Pedro Komura visitou, nesta terça-feira (04/09) pela manhã, as obras do Corredor Leste-Oeste e a reforma do prédio que abrigará o Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD), na Vila São Francisco. Ao lado dos secretários municipais Walter Zago Ujvari (Obras), Marcello Cusatis (Saúde) e Daniel Teixeira de Lima (Verde e Meio Ambiente), Komura observou o andamento dos trabalhos e recebeu informações sobre o estágio de cada obra.

No Corredor Leste-Oeste, as obras estão em 65% de seu cronograma. Segundo o secretário Walter Zago, o ritmo de trabalho segue acelerado e já é possível ver claramente todo o contorno das pistas, desde o trecho da rua David Bobrow, em Braz Cubas, até a divisa com Suzano. A ponte sobre o rio Jundiaí recebe atualmente as últimas camadas de concreto, que antecedem a aplicação da pavimentação.

O corredor será a ligação da cidade com o Rodoanel Leste e, no total, as obras compreendem nove quilômetros, divididas em três etapas. A primeira foi entregue no dia 23 de dezembro de 2016. Consistiu na recuperação da avenida Tenente Onofre Rodrigues de Aguiar, entre as avenidas Cavalheiro Nami Jafet e Valentina de Mello Freire Borenstein. Esta intervenção proporcionou um novo corredor de transporte e escoamento de cargas para as empresas instaladas na Vila São Francisco. A pista anterior era de paralelepípedos e estava desgastada com a passagem de veículos pesados.

A segunda etapa dos trabalhos é o alargamento da avenida Guilherme Georgi, entre Jundiapeba e a divisa com Suzano. Os trabalhos estão praticamente concluídos e a avenida recebeu intervenções de drenagem e construção de uma nova pista. Nestas duas fases, houve considerável ganho de mobilidade para os motoristas, que passaram a trafegar em avenidas mais largas e com todos os dispositivos de segurança, como sinalização de solo e retornos.

A terceira etapa – a construção da Avenida das Orquídeas, em andamento – também é a mais complexa. O projeto prevê pistas com 10 metros de largura cada uma, corredor exclusivo para o transporte coletivo no canteiro central, ciclovia e calçada para a circulação de pedestres. O investimento total no Corredor Leste-Oeste é de R$ 98,2 milhões.

Caps AD

A segunda visita do dia ocorreu no prédio que abrigará o Caps AD – que era a antiga sede da Casa da Criança, na Vila São Francisco. O edifício passou por reforma, mas foi alvo de vandalismo e os equipamentos furtados estão sendo repostos. O Caps AD é uma unidade de saúde especializada em atender dependentes de álcool e drogas, dentro das diretrizes determinadas pelo Ministério da Saúde, que incluem planejamento terapêutico dentro de uma perspectiva individualizada de evolução contínua, com o objetivo de buscar sua reinserção social.

“Estamos concluindo a reforma e adaptação do prédio, que é amplo e muito bem localizado. Teremos mais uma equipamento de saúde importante na cidade, capaz de oferecer um atendimento qualificado e em uma área necessária”, disse o secretário Marcello Cusatis. (Marco Aurélio Sobreiro)