Gradis são implantados para aumentar a segurança de pedestres em locais de risco

Secretaria de Transportes

02 de março de 2020
Acessibilidade

A Secretaria Municipal de Transportes está implantando gradis em pontos críticos para pedestres na região central de Mogi das Cruzes. A intenção é evitar que as pessoas atravessem as vias em locais perigosos, onde há riscos de atropelamento. O trabalho já foi finalizado na rua Olegário Paiva, no Shangai.

Nesta semana, os trabalhos serão realizados nas regiões do Largo do Carmo, próximo ao Theatro Vasques, e na praça Oswaldo Cruz, no trecho próximo ao acesso ao túnel do Complexo Viário Jornalista Tirreno Da San Biagio.

“A segurança dos pedestres é prioridade no trabalho desenvolvido pela Secretaria de Transportes, uma vez que as pessoas que andam a pé são as mais vulneráveis no trânsito. A colocação dos gradis nestes pontos serve para evitar que a travessia seja feita em locais de risco, obrigando os pedestres a buscar os pontos mais seguros”, explicou o secretário municipal de Transportes, José Luiz Freire de Almeida.

No caso do Shangai, o gradil implantado na última sexta-feira (28/02) fica no trecho próximo ao acesso à passagem subterrânea Engenheiro Osvaldo Crespo de Abreu. O local em que as estruturas foram colocadas apresenta riscos para os pedestres devido ao trânsito constante dos veículos que entram e saem da passagem.

“No Shangai, existem dois pontos de travessia com faixas para pedestres que são protegidos por semáforos. Mesmo assim, muitas pessoas insistiam em atravessar neste ponto, colocando em risco a sua segurança e de outras pessoas. Assim, foi definida a implantação do gradil”, disse José Luiz.

Já no Largo do Carmo, os equipamentos serão implantados no encontro das ruas Doutor Correa e Otto Unger, onde existe um movimento intenso de veículos e, muitas vezes, as pessoas se arriscam para atravessar entre os carros. Na praça Oswaldo Cruz, o gradil deverá ser colocado para evitar que as pessoas cruzem a via na entrada do túnel, onde há o fluxo de veículos que vêm da rua Doutor Ricardo Vilela e da rua Doutor Deodato. No local, o ponto adequado para travessia é na faixa para pedestres protegida pelo semáforo.

A colocação de gradil para o ordenamento da travessia de pedestres já havia sido adotada com sucesso na rotatória da praça Kazuo Kimura. Neste caso, o equipamento foi implantado no encontro das avenidas Francisco Rodrigues Filho e Manoel Bezerra de Lima Filho, obrigando as pessoas a atravessarem a segunda avenida nos pontos em que há semáforo. (Luiz Maritan)