Hospital Municipal de Mogi completa 5 anos com 1,5 milhão de atendimentos

Secretaria de Saúde

15 de junho de 2019
Acessibilidade
Missa solene marcou os cinco anos de fundação do Hospital Municipal de Mogi das Cruzes (foto: Divulgação/PMMC)

O Hospital Municipal de Mogi das Cruzes (HMMC) realizou 1.590.041 atendimentos em cinco anos de operação. O balanço foi divulgado após a celebração da Missa de Ação de Graças pelo aniversário da unidade, realizada nesta sexta-feira (14). A missa em comemoração pelo 5° aniversário foi presidida pelo bispo diocesano de Mogi das Cruzes, Dom Pedro Luiz Stringhini, com a participação do vigário-geral, padre Antonio Robson Gonçalves. 

O secretário municipal de Saúde, Francisco Moacir Bezerra de Melo Filho, elogiou o trabalho desenvolvido na unidade. “Nosso hospital completou cinco anos e temos uma infinidade de serviços disponíveis para a população. O setor de saúde cresceu muito em Mogi, só para ter uma ideia, mais de 20% das pessoas atendidas na cidade são de outras cidades”, acrescentou. O gerente corporativo de Operações da Pró-Saúde, Paulo Viol, agradeceu à equipe do HMMC pelos números alcançados. “Foram inúmeras conquistas nos últimos cinco anos, resultado da dedicação de profissionais comprometidos com a nossa missão, de promover uma gestão qualificada para os nossos pacientes“, ressaltou.

Desde a inauguração, o Pronto Atendimento Infantil 24h do HMMC, que atende crianças de zero a 12 anos, realizou 364.903 consultas de urgência e emergência. Outro número que se destaca é do Ambulatório de Especialidades que registrou 220.652 atendimentos. No período, o Serviço de Apoio de Diagnóstico Terapêutico (SADT) contabilizou 945.914 exames. O hospital também foi responsável por 18.264 internações e 7.172 cirurgias de baixa e média complexidade. Já as consultas não médicas, que englobam os atendimentos de Enfermagem, Serviço Social e Psicologia, resultaram em 33.136 atendimentos.

O índice de satisfação dos pacientes, medido pelo Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), também chama a atenção. A pesquisa indica que a aprovação geral do hospital é de 96%, da Internação chega a 98% e do Pronto Atendimento Infantil é de 85%, enquanto a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) alcançou 100%. “Isso reflete o pensamento da diretoria estatutária e do nosso presidente Dom Eurico dos Santos Veloso. Queremos que aqueles que são atendidos em nossas unidades sintam esse diferencial. Para mim é o índice que justifica todo nosso trabalho desses cinco anos”, destacou o primeiro vice-presidente da Pró-Saúde, padre Robson.   

Estrutura

O Ambulatório de Especialidades disponibiliza diversas consultas com especialistas, são elas: Ginecologia, Cirurgia Geral, Otorrino, Vascular, Urologia, Clínico Geral, Cardiologia e Anestesista. Os agendamentos são feitos por meio do SIS 160. A Unidade, oferece ainda, exames laboratoriais, de anatomia patológica, radiologia, ultrassonografia, endoscopia, colonoscopia, tomografia, ecocardiograma e eletrocardiograma.

Ao todo, o HMMC tem 69 leitos de internação para homens, mulheres e crianças. Além de 10 leitos na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulta. O Centro Cirúrgico hospital está preparado para realizar cirurgias de pequeno e médio porte. As mais procuradas são de hérnia, vesícula e varizes. 

Sustentabilidade

A estrutura do HMMC foi projetada para ser sustentável. A Unidade conta com uma cisterna com capacidade para armazenar 41 mil litros de água de chuva. O volume é utilizado nas descargas dos sanitários do hospital. As torneiras e chuveiros, também contam com dispositivos de redução de consumo que propiciaram a economia de 5,4 milhões de litros de água potável nos últimos anos.

Pelas práticas sustentáveis, o hospital recebeu o Prêmio Amigo do Meio Ambiente, em 2015 e o Prêmio 2020 Challenge Climate Champion Awards, pela participação da campanha Desafio 2020 – A Saúde pelo Clima, conquistado em 2016 e 2017.

Qualidade

Os resultados alcançados pelo HMMC podem ser medidos pelas certificações conquistadas ao longo dos cinco anos. A Unidade conta com o segundo nível de Acreditação, ONA 2 – Pleno, concedido ao hospital que atende os critérios de segurança do paciente em todas as áreas, o que inclui aspectos estruturais e assistenciais, além de utilização de processos integrados e plena comunicação das atividades. O selo foi concedido em 2017 e renovado em 2018.

A Unidade já havia conquistado em 2015 a certificação ONA 1 – Acreditado, selo que foi renovada em 2016. O reconhecimento ocorreu apenas nove meses após o início da operação plena do HMMC.

A UTI do HMMC também merece destaque nas comemorações. Desde 2016, o setor recebe o selo de qualidade e desempenho entregue pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB). O reconhecimento ocorre pelo fato da unidade realizar o gerenciamento dos indicadores de qualidade e desempenho, em acordo com o que determina a Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) n° 7 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A certificação coloca a UTI da Unidade entre as de alta performance do Brasil.