Mortes em acidentes de trânsito caem 87,5% nas vias municipais em janeiro

Secretaria de Transportes

19 de fevereiro de 2020
Acessibilidade

O número de mortes em acidentes de trânsito caiu 87,5% nas vias municipais de Mogi das Cruzes no mês de janeiro, comparado com o ano passado. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (19/02) pelo sistema Infosiga, do Governo do Estado, e confirmam a tendência de queda nos óbitos por acidentes de trânsito no município, que já haviam sido registrados no ano passado.

Nas vias sob jurisdição da Prefeitura, durante o primeiro mês de 2020, foi registrado uma morte por acidente de trânsito, contra oito ocorridas em janeiro de 2019, o que determina a redução de 87,5%. Já quando considerado o território da cidade, ou seja, as vias municipais e estaduais, foram cinco mortes em janeiro deste ano, uma queda de 61,5% com relação ao mesmo mês do ano passado, quando aconteceram 13.

“A queda no número de mortes é um dado importante para a cidade porque representa vidas que são salvas. A Prefeitura realiza um trabalho intensivo e integrado que busca a diminuição no número de acidentes e a melhoria da segurança viária nas vias municipais, que compreende ações de sinalização, engenharia de tráfego, fiscalização e educação para o trânsito e também tem a participação do Comitê Municipal de Segurança Viária”, destacou o secretário municipal de Transportes, José Luiz Freire de Almeida.

O secretário lembrou ainda que a tendência de queda no número de mortes já vinha sendo verificado em 2019, quando o índice nas vias municipais foi 21% menor que o de 2018. Considerando-se todo o território do município, a queda foi de 4,8%.

Entre as ações realizadas pela Secretaria Municipal de Transportes estão as campanhas de conscientização e educação para o trânsito. O trabalho está em andamento em cruzamentos de grande movimentação de pessoas e veículos. Entre os locais que estão recebendo a ação estão os cruzamentos da avenida Voluntário Fernando Pinheiro Franco com a rua Braz Cubas, da avenida Francisco Ferreira Lopes com a rua Schwartzmann, das avenidas Japão e Henrique Peres, das ruas José Bonifácio e Major Arouche de Toledo e das avenidas Francisco Rodrigues Filho e Manoel Bezerra de Lima Filho, além da praça Sacadura Cabral.

“Nestes locais, agentes municipais de trânsito fazem o trabalho de orientação, com faixas educativas e a distribuição de material. É uma ação importante, que chama a atenção para comportamentos de risco, como o uso do celular ao volante e o respeito ao limite de velocidade. Este tipo de trabalho vem surtindo efeito, com uma maior conscientização dos motoristas e pedestres”, disse José Luiz.

A Secretaria de Transportes também realiza um trabalho intensivo para a revitalização das sinalizações vertical e horizontal nas ruas e avenidas da cidade. Além disso, estudos e acompanhamentos técnicos identificam locais com índices de acidentes ou com risco potencial para a adoção de medidas.

Neste mês de fevereiro, por exemplo, foram implantados semáforos nos encontros da avenida Fernando Costa com a rua João Fernandes de Lima e da avenida Ricieri José Marcatto com a rua Manoel Sanches Grillo. Além disso, também foram realizadas adequações no trânsito da Vila Rubens. (Luiz Maritan)