Projeto Escola atende alunos da Vila Lavínia com atividades de educação para o trânsito

Secretaria de Transportes

10 de março de 2020
Acessibilidade

A Secretaria Municipal de Transportes começou nesta semana as atividades do Projeto Escola no Cempre Benedito Ferreira Lopes, na Vila Lavínia. A iniciativa desenvolve ações voltadas à educação para o trânsito e melhoria da segurança viária em unidades de ensino e no entorno, inclusive com melhorias de sinalização e ações de engenharia de tráfego.

O projeto de educação para o trânsito vai atender 620 alunos do Cempre, do CEIM e da escola municipal que funcionam no complexo. Os estudantes já participaram de uma palestra sobre comportamento seguro no trânsito, ministrada por agentes municipais de trânsito.

Já na sexta-feira (13/03), os alunos irão acompanhar a implantação de uma faixa para a travessia de pedestres. Assim, eles recebem, na prática, orientações sobre a importância de respeitar a sinalização de trânsito.

“Ao lado das atividades de Educação para o Trânsito, a região atendida também vai receber ações de engenharia de tráfego e sinalização para melhoria da segurança, principalmente dos pedestres. Além disso, o Projeto Escola tem um grande diferencial, que é o envolvimento de toda a comunidade, ou seja, alunos, profissionais dos estabelecimentos de ensino, moradores do entorno, representantes e lideranças do bairro”, explicou o secretário municipal de Transportes, José Luiz Freire de Almeida.

O secretário lembrou ainda que o Projeto Escola faz parte do tripé de ações desenvolvidas pela administração municipal para a melhoria da segurança viária e diminuição do risco de acidentes. As intervenções compreendem educação para o trânsito, fiscalização e engenharia de tráfego.

As ações estão trazendo resultado, com a diminuição no número de mortes em acidentes de trânsito nas vias municipais da cidade. Em janeiro, de acordo com os dados do sistema Infosiga, a queda foi de 87,5% com relação ao mesmo mês do ano passado. O número confirma a tendência de queda registrada em 2019. Durante todo o ano, o número de óbitos foi 21% menor que em 2018.

O trabalho de educação para o trânsito em Mogi das Cruzes também conta com ações da Escola Mirim de Trânsito. A iniciativa atende crianças, que recebem orientações teóricas e práticas em uma pista montada especialmente para as atividades e a utilização de veículos elétricos. O trabalho percorre todas as regiões da cidade, dentro do programa Bairro Feliz, da Prefeitura. (Luiz Maritan)