Proposta sobre mudanças na avenida Pedro Machado é apresentada à população

Secretaria de Transportes

06 de junho de 2019
Acessibilidade

A proposta de alterações no trânsito na avenida Pedro Machado foi apresentada à população na noite desta quarta-feira (06/06), durante audiência pública realizada na escola municipal Professora Ana Lúcia Ferreira de Souza. As alterações buscam melhorar as condições de fluidez e segurança no cruzamento da via com a avenida Prefeito Francisco Ribeiro Nogueira e com a rua Doutor Deodato Wertheimer.

Pelo projeto proposto, a avenida Pedro Machado passaria a ter mão única, sentido bairro, entre a avenida Prefeito Francisco Ribeiro Nogueira e a rua Oscar Thompson. Já os motoristas que deixam o bairro pela avenida Pedro Machado virariam à direita na rua Oscar Thompson e utilizariam a rua Doutor Gabriel Prestes para chegar até a avenida Prefeito Francisco Ribeiro Nogueira.

Os levantamentos apontam que e, diariamente, 58,6 mil veículos circulam pelo cruzamento. Atualmente, todas as conversões são possíveis no local, o que traz problemas para a circulação dos veículos e também para a segurança dos pedestres.

“A Secretaria de Transportes desenvolveu estudos técnicos, inclusive com simulações, para definir a melhor proposta a ser implantada. De acordo com os estudos, as alterações ofereceriam ganho de 62% no tempo para os motoristas que estiverem deixando o bairro e que hoje têm problemas de fluidez no cruzamento”, explicou o secretário municipal de Transportes, José Luiz Freire de Almeida.

Ele lembrou ainda que a segurança dos pedestres também foi levada em conta na elaboração dos estudos. “Com o trânsito em apenas uma mão de direção, é possível programar mais tempo para o semáforo, o que dará aos pedestres mais tempo para a travessia”, reforçou.

Os participantes da reunião também puderam opinar sobre o problema viário. Entre as sugestões apresentadas estão a utilização da avenida Pedro Machado como via para saída do bairro, a implantação de radar no semáforo para evitar o desrespeito dos motoristas e a mudança nos tempos semafóricos.

Na audiência, também ficou definida a formação de uma comissão de moradores para discutir a questão com a Prefeitura.

Também participaram da audiência pública, o secretário-chefe de Gabinete, Romildo de Pinho Campello, e o vereador Pedro Komura. (Luiz Maritan)