Núcleo Ambiental da Ilha Marabá reabre ao público na segunda-feira, dia 6 de janeiro

Secretaria do Verde e Meio Ambiente

03 de janeiro de 2020
Acessibilidade

O Núcleo de Educação Ambiental Ilha Marabá reabrirá ao público na segunda-feira (06/12), após ficar fechado no recesso de final de ano. O local voltará a funcionar nos dias e horários normais - de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e aos sábados, das 9h às 14h. A entrada é gratuita, não é preciso fazer reservas antecipadas e os visitantes podem fazer a trilha sozinhos ou, se preferirem, acompanhados por monitores. Reinaugurada em junho do ano passado, o equipamento recebe visitas de alunos da rede municipal, grupos de estudantes universitários e o público em geral.

“A Ilha retorna suas atividades de educação ambiental, visando disponibilizar as visitas ao público nesse período de férias escolares. É um espaço importante e simbólico para o município, ali as pessoas conhecem um pouco a importância ambiental e histórica do rio Tietê, além das sua importância como principal manancial de abastecimento de água de toda região”, comenta o diretor da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente, André Miragaia.

Durante o segundo semestre de 2019, o equipamento recebeu eventos como polinização de orquídeas, doação de mudas dentro da Semana da Primavera, além de visitas de alunos. No dia 20 de novembro, foi apresentado no local o Plano Municipal da Mata Atlântica, com a presença de autoridades, ambientalistas, estudantes e do público em geral. A Ilha Marabá recebeu ainda a exposição “Biodiversidade da Mata Atlântica”, que ocorreu entre o dias 20 e 29 de novembro. A mostra contou com espécies coletadas por alunos do curso de Biologia da Universidade de Mogi das Cruzes (UMC), que também atuaram como monitores e deram explicações detalhadas aos visitantes.

Assim que chega ao espaço, o visitante tem uma exposição de fotos de animais registrados em Mogi das Cruzes, assiste também a um vídeo sobre água e florestas e tem informações a respeito da história da Ilha Marabá. Em seguida, pode fazer a trilha e conhecer de perto do rio Tietê. Não é preciso fazer reservas antecipadas e os visitantes podem fazer a trilha sozinhos ou, se preferirem, acompanhados por monitores.

Plano Municipal da Mata Atlântica

Apresentado na Ilha Marabá, o Plano Municipal da Mata Atlântica está disponível no site da Prefeitura de Mogi das Cruzes para ser lido, analisado e receber sugestões (clique aqui para ter acesso à página com o material). Os interessados podem fazer contribuições para o plano até fevereiro, quando uma reunião do Conselho Mogiano de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Comoma) analisará todas as sugestões e fará a votação do documento. O plano traça um diagnóstico completo sobre a situação do meio ambiente na cidade, com informações sobre a cobertura verde do município e um mapa de calor detalhado, com informações dos bairros, entre outros indicadores. (Marco Aurélio Sobreiro)