Especial: Dia Mundial da Água

Home > SEMAE > Dia Mundial da Água

Água tem significado especial para Mogi das Cruzes

Comemorado em 22 de março, o Dia Mundial da Água tem significado especial para Mogi das Cruzes. A cidade é cortada pelo principal rio do Estado de São Paulo, o Tietê, e faz parte de uma das principais bacias produtoras de água do país. A cidade possui nada menos do que 30,41 km2 de seu território inundado por três represas – Biritiba Mirim, Jundiaí e Taiaçupeba. Das três, a represa de Jundiaí está inteiramente dentro da cidade.

Esta situação leva Mogi das Cruzes a abrir mão de uma parte significativa de seu território para contribuir com o fornecimento de água para toda a Grande São Paulo. Além disso, a cidade conta com uma autarquia de saneamento, o Semae, que é responsável pela produção e distribuição de água, além do tratamento de esgoto.

A maior parte da água consumida pelos mogianos é produzida pelo Semae. A captação é feita no bairro do Cocuera, na Estação Pedra de Afiar, diretamente do rio Tietê. São 900 litros de água por segundo, em média, que seguem para tratamento no Semae.

A água segue todos os parâmetros de tratamento e qualidade definidos pelo Ministério da Saúde. Além dos procedimentos como decantação, filtração, aplicação e cloro e de flúor, a água passa por 9 mil análises mensais antes de chegar às torneiras dos mogianos. São 7,1 mil análises da água durante o processo produtivo e outras 1,9 mil para assegurar a qualidade em toda a rede de distribuição.

Biritiba Mirim (60%, ou 5,52 km²);
Jundiaí (100%, ou 17,42 km²);
Taiaçupeba (38,58%, ou 7,47 km²);

TOTAL: 30,41 km² em território mogiano



OBRAS

Duplicação do trecho urbano da Mogi-Guararema aumenta a segurança de motoristas.

Mais Vídeos
PREFEITURA