Alunos de Jundiapeba realizam ação de limpeza e educação ambiental nesta terça-feira

Secretaria do Verde e Meio Ambiente

09 de outubro de 2017
Catadores atuam nos ecopontos da cidade, como o de Jundiapeba, que tiveram o horário de funcionamento ampliado (Ney Sarmento/PMMC)

As Secretarias Municipais de Educação e do Verde e Meio Ambiente realizarão nesta terça-feira (10/10), a partir das 9 horas, um mutirão de limpeza e uma ação ambiental no entorno da Escola Municipal Dr. Álvaro de Campos Carneiro (rua Pedro Paulo dos Santos, 855), além das imediações do Conjunto Habitacional José Bezerra de Melo. Participarão da ação alunos, pais e professores, com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância do descarte correto de lixo, além de também estimular o plantio de mudas. A ação faz parte do Outubro da Educação.

A secretária municipal de Educação, Juliana Guedes, explica que os alunos e seus pais sairão pelas ruas do bairro coletando resíduos jogados pelas ruas, acompanhados de professores e funcionários das secretarias. Após essa ação de limpeza, eles farão a triagem do material no ecoponto de Jundiapeba, separando os resíduos recicláveis.

“Será uma ação de cidadania, na qual contaremos com a participação dos alunos como agentes multiplicadores de informação. Eles mostrarão a importância da coleta seletiva e o uso correto do ecoponto, que funciona no distrito há pouco mais de um mês e já caiu no gosto da população. Queremos ampliar e consolidar esses conceitos com esse evento”, explica Juliana.

Já o secretário municipal do Verde e Meio Ambiente, Daniel Teixeira de Lima, ressalta que a mobilização da escola foi uma iniciativa conjunta – de técnicos da Prefeitura, alunos, pais e moradores do distrito – para a melhoria da limpeza no bairro e também para aumentar a divulgação do ecoponto local. “Com isso, esperamos que cada vez mais a população utilize este equipamento e descarte corretamente seus resíduos, contribuindo dessa forma para a limpeza pública e para o próprio meio ambiente”, frisou.

Divulgação

Nas últimas semanas, o diretor de Meio Ambiente, André Miragaia, e técnicos da Secretaria do Verde têm realizado um trabalho de divulgação do ecoponto de Jundiapeba junto às escolas municipais e estaduais do distrito, com o objetivo de reforçar a função do equipamento e explicar em detalhes o seu funcionamento. O objetivo é que a população incorpore cada vez mais a utilização do ecoponto ao seu cotidiano.

Nas reuniões, ele fala sobre as formas de descarte de resíduos e a destinação adequada dos materiais, que em sua maioria são encaminhados para reciclagem. Também são distribuídos materiais de divulgação com explicações sobre os tipos de resíduos e os dias que a coleta seletiva passa pelo distrito. Cerca de 4 mil pessoas, entre professores e alunos, estão sendo atingidos diretamente por esse trabalho de divulgação.

Somente no primeiro mês de funcionamento – entre 28 de agosto e 28 de setembro – , o ecoponto de Jundiapeba recebeu 87 toneladas de resíduos de construção e demolição, além de 63 pneus e 105 metros cúbicos de madeira, além de outros materiais.

Os dois ecopontos existentes na cidade, localizados no Jardim Armênia e no Parque Olímpico recebem, juntos, cerca de 350 toneladas de resíduos por mês. O volume era de 170 toneladas até janeiro deste ano, mas dobrou com o funcionamento das unidades aos finais de semana. A medida tem como objetivo estimular as pessoas a descartarem os materiais aos sábados e domingos, quando estão em casa e possuem mais tempo par fazer esta separação. (Marco Aurélio Sobreiro)