Centro de Artes Marciais Jackson Durães é inaugurado pela Prefeitura em Jundiapeba

Secretaria de Esporte e Lazer

11 de abril de 2022
facebook whatsapp
Acessibilidade

O prefeito Caio Cunha entregou, na noite deste sábado (09/04), o Centro de Artes Marciais Jackson Durães, no distrito de Jundiapeba. O local receberá aulas gratuitas para a comunidade de diversas modalidades voltadas a lutas e artes marciais, além de festivais e competições.

Localizado na rua José Gallucci, o Centro de Artes Marciais Jackson Durães terá aulas de Jiu Jitsu, Karatê Kyokushin, Karatê Shorin Ryu, Judô, Taekwondo, Boxe, Boxe Adaptado e Kickboxing. O local tem capacidade para até 10 mil atendimentos por mês.

“Os moradores de Jundiapeba merecem as mesmas oportunidades de quem vive na região central da cidade, por isso, fizemos questão de só inaugurar este equipamento quando ele estivesse à altura da qualidade que os mogianos merecem. E ele está! Este espaço vem para transformar vidas, gerar oportunidades, estudo e saúde para os mogianos”, afirmou o prefeito Caio Cunha.

O prefeito destacou ainda a homenagem ao boxeador Jackson Durães, um dos maiores nomes da modalidade em Mogi das Cruzes, que faleceu no ano passado e dá nome ao novo espaço. “Foi muito especial e emocionante homenagear este guerreiro, meu amigo e referência no esporte”, disse.

Para a implantação do Centro de Artes Marciais Jackson Durães, a Prefeitura de Mogi das Cruzes fez uma reforma completa no local, que abrigava uma quadra de esportes que estava deteriorada e sendo utilizada pela marginalidade. O novo espaço teve investimento total de R$ 399.586,40, entre as intervenções realizadas na estrutura e a aquisição de materiais esportivos.

“O Centro de Artes Marciais Jackson Durães será um espaço importante para massificar a prática de artes marciais em Mogi das Cruzes, para dar oportunidades a crianças e jovens para a prática esportiva e para desenvolver atletas para equipes de competição em cada modalidade”, explicou o secretário municipal de Esporte e Lazer, Gustavo Nogueira.

Também participaram da inauguração, a presidente do Fundo Social, Simone Margenet Cunha, o presidente da Câmara Municipal, Marcos Furlan, os vereadores Eduardo Ota, Malu Fernandes, Edson Alexandre Pereira, o Edinho do Salão, José Luiz Furtado e Osvaldo Silva, além de familiares do homenageado e representantes de diversas modalidades esportivas, que também fizeram demonstrações.

O Centro de Artes Marciais Jackson Durães fica na rua José Gallucci, 841, em Jundiapeba. 

Sobre Jackson Durães

Nascido em Montes Claros, no estado de Minas Gerais, em 6 de março de 1977, Jackson Durães foi um dos maiores nomes do boxe de Mogi das Cruzes. Após ter trabalhado como pedreiro na juventude e ter praticado taekwondô, Jackson migrou para o boxe aos 20 anos. A partir daí, levou o nome de Mogi das Cruzes com destaque em competições, fez parte da equipe que representou a cidade e conquistou diversos títulos regionais, nacionais e internacionais. 

Em 2007, foi convocado pela Seleção Brasileira e, destacando-se entre os melhores atletas da modalidade no país, obteve seu lugar na pré-seletiva para a disputa dos Jogos Pan-Americanos, realizados no Rio de Janeiro. 

Além do sucesso nas disputas, ele se formou em Educação Física e também atuou na formação e no treinamento de jovens talentos, colaborando para o desenvolvimento do boxe na cidade e levando a paixão pelo esporte para as novas gerações. 

Jackson Durães era casado com a também boxeadora Elisângela Martinelli Durães e teve três filhos: Jaqueline, Laion e Kelvin e a neta Beatriz. O ex-boxeador faleceu em 6 de abril de 2021, aos 44 anos.