Cuidados para evitar a proliferação do Aedes aegypti devem ser reforçados no Carnaval

Secretaria de Saúde

09 de fevereiro de 2018
Acessibilidade

Durante o Carnaval, muitas pessoas aproveitam o feriado para viajar, enquanto outras preferem curtir a folia ou simplesmente descansar. Independente da escolha, o Núcleo de Prevenção e Controle das Arboviroses faz um alerta: dentro ou fora de casa, os cuidados para evitar o acúmulo de água e a proliferação do Aedes aegypti devem ser permanentes.

Antes de viajar, faça uma vistoria detalhada dentro de casa e nos quintais com objetivo de eliminar os recipientes ou tampar reservatórios que possam acumular água parada e servir como criadouro para o mosquito transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

É necessário fechar as tampas de vasos sanitários e de ralos dos banheiros, tampar tonéis, caixas d’água e recipientes que possam acumular água. No quintal, garrafas vazias devem ser guardadas de cabeça para baixo e pneus devem ser mantidos secos e abrigados em local coberto. Os vasos das plantas e as vasilhas dos animais de estimação devem ser lavados.

O ciclo do Aedes aegypti dura cerca de sete dias, ou seja, esse é o tempo necessário para que os ovos depositados pelos mosquitos se eclodam. Por isso, se o morador vistoriar corretamente a casa antes de sair para o feriado é possível evitar que a larva se transforme em mosquito adulto.

Outro alerta é para os cuidados pessoais: é fundamental a adoção de ações para evitar a propagação do vírus e das doenças. Uma medida importante é o uso de repelentes, respeitando sempre as instruções do fabricante.  Roupas que minimizem a exposição da pele também proporcionam alguma proteção às picadas dos mosquitos e podem ser adotadas principalmente durante surtos. Mosquiteiros proporcionam boa proteção para bebês e pessoas acamadas. 

Febre Amarela

Em Mogi das Cruzes, a vacinação contra a febre amarela prossegue em todos os postos de saúde. Mesmo sem nenhum caso confirmado, em humanos ou macacos, uma campanha de caráter preventivo está em andamento desde novembro do ano passado e já imunizou cerca de 270 mil pessoas.

Desde o início da semana, o município conta com doses fracionadas em estoque suficiente para imunizar mais 60 mil pessoas nas próximas semanas. Com o avanço da doença em cidades vizinhas, é muito importante que todos os mogianos tomem a vacina. Durante o feriado, as unidades de saúde estarão fechadas, mas a imunização será retomada na quarta-feira (14/02), a partir das 13 horas.

 

Principais dicas para evitar a proliferação do Aedes aegypti:

·         Antes de viajar, deixe sua casa livre de possíveis focos para o mosquito;

·         Verifique possíveis locais no interior da casa, quintal e toda área externa para eliminar recipientes para água parada;

·         É importante, também, se proteger usando repelente para evitar o contato com os mosquitos vetores de doenças.

·         Nas ruas, evite a proliferação de lixo, jogando copos, garrafas e embalagens nas lixeiras porque esses recipientes podem aumentar as chances de proliferação do Aedes aegypti.