Governador João Doria prorroga Quarentena em todo o Estado até o dia 22 de abril

Secretaria de Gabinete

06 de abril de 2020
Acessibilidade

O governador João Doria prorrogou por mais 15 dias a Quarentena para todos os 645 municípios do Estado de São Paulo. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (06/04), durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes. Inicialmente prevista para terminar nesta terça-feira, o decreto agora passa a valer até o dia 22 de abril.

A medida foi adotada para conter a disseminação do novo coronavírus no Estado. Veja abaixo os estabelecimentos e serviços que podem continuar funcionando e os que não podem:

COMÉRCIO
Todas as lojas com atendimento presencial devem continuar fechadas. No entanto, os estabelecimentos podem atender por aplicativos ou por serviços online.

ALIMENTAÇÃO
Bares, restaurantes, cafés e lanchonetes devem fechar, podendo atender somente por delivery ou drive-thru. Supermercados, hipermercados, açougues e padarias podem funcionar, mas não é permitido o consumo dentro do estabelecimento durante a quarentena.

ABASTECIMENTO
Transportadoras, armazéns, transporte público, táxis, aplicativos de transporte, serviços de call center e bancas de jornais podem atuar normalmente.

PET SHOPS
Podem comercializar alimentos e medicamentos veterinários, já que são essenciais para a saúde dos animais.

SERVIÇOS DE SAÚDE
Hospitais, clínicas – inclusive as odontológicas – e farmácias podem continuar funcionando.

INDÚSTRIA
Continuam operando normalmente e devem seguir as recomendações para adequar os estabelecimentos às orientações dos órgãos competentes.

CONSTRUÇÃO CIVIL
O setor e as lojas de materiais de construção devem continuar operando com os devidos cuidados sanitários para proteger e amparar funcionários.

BORRACHARIAS E OFICINAS MECÂNICAS
Devem continuar funcionando para que veículos de transporte, como ambulância e carros de polícia tenham suporte.

POSTOS DE COMBUSTÍVEL
Funcionam normalmente e podem vender produtos elaborados ou não perecíveis, sem consumo no local.

PODEM OFERECER SERVIÇOS
- Empresas de segurança privada
- Empresas de limpeza
- Manutenção e zeladoria
- Bancos
- Lotéricas
- Hotéis

SERVIÇOS DE BELEZA
Cabeleiros, barbeiros, manicures e pedicures podem prestar atendimento apenas nas casas dos clientes, desde que usem equipamentos de proteção, como luvas e máscaras, e não apresentem sintomas de gripe.