Prefeito discute concessão de estações em reunião com o presidente da CPTM

Secretaria de Gabinete

03 de março de 2020
Acessibilidade

O prefeito Marcus Melo se reuniu, na manhã desta terça-feira (03/03), com o presidente da CPTM, Pedro Moro. Durante o encontro, realizado em São Paulo, foi discutido o chamamento público aberto pela estatal para a elaboração de projetos e concessão das estações de Mogi das Cruzes e a inclusão da estação Braz Cubas no processo.

A previsão é que as estações de Mogi das Cruzes possam ter o processo de concessão finalizado até o final deste ano.

“Sou favorável à concessão e a participação da iniciativa privada. Entendo que é um modelo positivo para que tenhamos as melhorias que os passageiros de Mogi das Cruzes esperam e não haja o obstáculo da falta de recursos”, afirmou Marcus Melo.

A CPTM abriu o chamamento público para que empresas interessadas apresentem projetos para modernização e reforma das estações Mogi das Cruzes, Estudantes e Jundiapeba. Com base nos projetos, será feita a concessão da exploração comercial das estações e o vencedor será responsável pelas obras de melhoria.

O prefeito lembrou ainda que desde o início de sua gestão vem lutando junto à CPTM por melhorias para as estações mogianas. “Conseguimos avanços, como o trem direto entre as estações Estudantes e Luz, sem a necessidade de baldeação. Isso melhorou o transporte para os mogianos e mais pessoas passaram a utilizar os trens”, disse.

De acordo com a CPTM, quatro empresas demostraram interesse em apresentar projetos para as estações de Mogi das Cruzes. Os projetos serão analisados pela equipe técnica da companhia e o escolhido será a base para o processo de concessão. “O número de propostas mostra o interesse muito positivo da iniciativa privada com relação à CPTM”, disse Pedro Moro.

Marcus Melo também colocou a equipe técnica da Prefeitura à disposição para auxiliar a CPTM durante o processo.

Braz Cubas

O prefeito também entregou ao presidente da CPTM um ofício solicitando a inclusão da estação Braz Cubas no processo de concessão e melhorias. A estrutura é a única de Mogi das Cruzes que não está no pacote.

“Fica estranho deixar a estação Braz Cubas de fora. Trata-se do distrito mais populoso da cidade, além de ter equipamentos importantes como o Hospital Municipal, a Maternidade Municipal, que estamos construindo, indústrias e um comércio forte”, explicou Marcus Melo.

Outra solicitação do prefeito ao presidente foi que a empresa estatal assuma a gestão das passagens de nível que hoje são operadas por guardas municipais. Com isso, os agentes poderiam ser deslocados para outras ações da corporação, atuando na segurança pública do município.

Também participaram da reunião, o secretário municipal de Planejamento e Urbanismo, Cláudio de Faria Rodrigues, o presidente da Câmara Municipal de Mogi das Cruzes, Sadao Sakai, e o vereador Jean Lopes. (Luiz Maritan)