Prefeitura entregará Museu Virtual da Educação e Arquivo Histórico nesta terça-feira

Secretaria de Gabinete

29 de junho de 2020
Acessibilidade

A Prefeitura de Mogi das Cruzes entregará nesta terça-feira (30/06), às 10 horas, o MUVE – Museu Virtual da Educação e o Arquivo Histórico “Historiador Isaac Grinberg”. Os equipamentos estão localizados no Casarão da rua Coronel Souza Franco, 917, no Centro, que foi completamente restaurado por meio de um convênio entre a Administração Municipal e o Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos (FID) da Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania. 

Os equipamentos fazem parte do pacote de 21 obras públicas, que estão sendo entregues. “São obras importantes na área de mobilidade, segurança, educação e esporte e lazer. Em parceria com o Governo do Estado, restauramos o Casarão da Rua Coronel Souza Franco, que faz parte da história de nossa cidade, que será contada pelo MUVE e também pelo Arquivo Histórico”, disse o prefeito Marcus Melo.

O investimento no projeto foi de R$ 2.522.944,48, sendo R$ 2.065.370,00, por meio do convênio com o Governo do Estado e R$ 457.574,98 de contrapartida da Prefeitura. O casarão é o único exemplar remanescente de casa neoclássica na região central da cidade. Foi construído com tijolos de barro, tem portas e janelas de madeira em pinho de Riga (madeira nobre e importada, originária do Leste Europeu), vidros trabalhados e assoalho desenhado em madeira. 

O MUVE conta com recursos tecnológicos de última geração apresentando a história de Mogi das Cruzes de forma interativa, de acordo com salas temáticas que tratam sobre Meio Ambiente, Manifestações Culturais, História e personalidades e Passado, presente e futuro. O patrono do museu será o professor João Cardoso de Siqueira Primo, que construiu o casarão para morar com sua família. Nasceu em Mogi das Cruzes em 4 de fevereiro de 1.869 e foi casado com a professora Emília Marques Cardoso.

Existente desde o século XX, o acervo do Arquivo Histórico Municipal Historiador Isaac Grinberg é de grande relevância não só para a cidade, como para a história do país. Grinberg, que nasceu em Mogi das Cruzes em 16 de junho de 1922, foi um grande pesquisador sobre a cidade e sua origem. É autor de vários livros sobre os mais variados aspectos da história de Mogi das Cruzes.

O arquivo é composto por um grande número de fotografias, plantas e certidões. Entre os documentos raros, podem ser citados a ata de elevação da Vila Sant´Anna, que é como a “certidão de nascimento da cidade”, as primeiras partituras musicais do país, o desenho original do brasão das armas de Mogi das Cruzes e uma planta da cidade datada de 1901. (Kelli Correa Brito)