Prêmio Mogi: Educador por Excelência será entregue nesta sexta no Cemforpe

Secretaria de Educação

07 de dezembro de 2017
Acessibilidade
Vencedores serão conhecidos nesta sexta-feira (08/12) às 19 horas no Cemforpe. (Foto: Ney Sarmento/PMMC)

A Prefeitura de Mogi das Cruzes, por meio da Secretaria de Educação, fará nesta sexta-feira (08/12), às 19 horas, a entrega do prêmio "Mogi: Educador por Excelência" no Auditório do Cemforpe. A premiação visa a reconhecer e valorizar as experiências pedagógicas e práticas inovadoras nas escolas e creches do sistema municipal de ensino. Foram inscritos 62 projetos e 38 foram selecionados como semifinalistas. Os vencedores serão conhecidos durante o evento.

O prêmio foi dividido em três categorias: professores da Educação Infantil e Educação Especial; Professores do Ensino Fundamental, Educação Especial e Educação de Jovens e Adultos – EJA e Diretores das escolas municipais e Coordenadores pedagógicos. “Nosso objetivo é premiar e divulgar as boas práticas realizadas nas escolas e creches. A educação mogiana é uma referência para outros municípios e a meta é continuarmos sempre avançando”, disse a secretária municipal de Educação, Juliana Guedes.

Os temas abordados pelos professores foram “Criança como sujeito histórico e de direitos, que interage, brinca, imagina, fantasia, deseja, aprende, observa, experimenta, narra, questiona e constrói sentido sobre a natureza e a sociedade” para os professores de Educação Infantil e Educação Especial; “Integração e continuidade dos processos de aprendizagem do aluno” para professores do Ensino Fundamental, Educação Especial e Educação de Jovens e Adultos – EJA e “Gestão de Resultados Educacionais” para diretores das escolas municipais e Coordenadores pedagógicos.

Durante o evento serão divulgados os cinco trabalhos finalistas de cada categoria de professores e os três que chegaram a final na categoria de gestores. Todos receberão menção honrosa. A premiação para os professores em cada categoria será de R$ 10 mil para o primeiro lugar, R$ 8 mil para o segundo e R$ 5 mil para o terceiro. Na categoria de diretores, o primeiro lugar receberá R$ 12 mil reais.

Neste ano, a Prefeitura de Mogi das Cruzes ampliou o número de alunos avaliados pela APRENDI – Avaliação Municipal das Aprendizagens, que tem como objetivo fornecer subsídios para o professor em sala de aula. Neste ano, a avaliação passou a ser aplicada do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental. Outra novidade no trabalho em sala de aula foi a adoção do Programa Ler e Escrever, uma parceria com o Governo Estadual, como material padrão para as turmas do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental.  A Secretaria de Educação é responsável pelo atendimento de 45.838 alunos da cidade, sendo 21.638 em período integral. (Kelli Correa Brito)