Programação do Junho Verde é lançada e terá ações durante todo o mês

Secretaria do Verde e Meio Ambiente

05 de junho de 2018
Acessibilidade

A Prefeitura de Mogi das Cruzes lançou nesta terça-feira (5/6) a segunda edição do Programa Junho Verde – um conjunto de ações relacionadas ao meio ambiente. O evento aconteceu no Auditório da Administração Municipal e contou com a presença do prefeito Marcus Melo, do secretário estadual de Cultura, Romildo Campello, além de estudantes e professores universitários.

O secretário municipal do Verde e Meio Ambiente, Daniel Teixeira de Lima, abriu o evento destacando a necessidade de ações conjuntas e integradas na defesa do patrimônio natural: “Ousamos e criamos em Mogi das Cruzes um mês inteiro dedicado ao meio ambiente, com palestras, ações culturais e iniciativas práticas voltadas para a área. E isso só foi possível graças ao trabalho conjunto que realizamos na cidade, com as secretarias agindo em conjunto e com os mesmos propósitos”, disse.

Um dos temas do primeiro dia da programação do Junho Verde foi o debate sobre a criação da Área de Proteção Ambiental da Serra do Itapeti, com apresentação de dados sobre a flora e a fauna local. O secretário municipal do Verde enalteceu a importância do trabalho e o secretário estadual de Cultura, Romildo Campello, fez uma contextualização histórica do processo.

“Esta é mais uma conquista para Mogi das Cruzes, uma cidade que todos nós amamos, e que aos poucos vem sendo mais conhecida também no Estado de São Paulo. A Serra do Itapeti é, ao lado do rio Tietê, um importante patrimônio natural que está dentro do território mogiano e sua preservação é um passo fundamental que todos nós estamos dando”, frisou Campello.

O prefeito Marcus Melo reforçou a necessidade de a sociedade se preocupar cada vez mais com a destinação correta de resíduos e enalteceu o trabalho da Cata-Sampa, cooperativa que atua na cidade e que contribui para o crescimento gradual dos índices de reciclagem – que saltaram de 0,5% em 2013, quando o Recicla + Mogi foi lançado, para 5% em 2018, com a meta de atingir 20% até 2020: “Todos nós queremos uma cidade cada vez melhor e estamos trabalhando muito para isso. O respeito ao meio ambiente faz parte deste processo, pois o crescimento precisa vir acompanhado da qualidade de vida e do respeito à natureza”, frisou.

Programação

A programação do Junho Verde acontece durante todo o mês de junho. Nesta quarta-feira, dia 6, haverá um plantio de mudas de cambuci no Parque Leon Feffer, dando continuidade a um projeto iniciado em fevereiro, para resgatar esta espécie típica de Mogi das Cruzes. Já no próximo dia 15 de maio, acontecerá a reinauguração do Viveiro de Mudas do Parque Leon Feffer, com o objetivo de produzir mudas para arborização da cidade.

No sábado, dia 16, a partir das 8 horas, será realizada a Caminhada Ecológica, entre o Parque Centenário e o Parque Municipal, incluindo uma trilha de 1,5 km por dentro da mata. No mesmo dia, só que às 10 horas, será celebrada uma Missa Campal pel bispo Dom Pedro Stringhini, no Parque Municipal, na chegada da Caminhada Ecológica.

Na quarta-feira, dia 20, acontecerá o Mogi + Água, projeto de saneamento rural em parceria com o Trata Brasil para início imediato de 10 pontos na zona rural, que receberão tratamento da água antes de voltar para o Rio Tietê. Já no domingo, dia 24, haverá o Passeio Ciclístico, uma iniciativa em parceria com a Secretaria de Esportes e Lazer que estimulará a prática de exercícios físicos, partindo do Paque Centenário em direção a Sabaúna. Clique no link abaixo para ver a programação completa. (Marco Aurélio Sobreiro)