Semae inicia instalação de reservatórios da Vila Oroxó

Serviço Municipal de Águas e Esgotos

10 de setembro de 2019
Acessibilidade

O Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) iniciou a instalação dos reservatórios que irão compor o Sistema de Abastecimento de Água (SAA) Vila Oroxó. Serão duas caixas d’água com capacidade para 2 milhões de litros cada, erguidas na Via Benedito Ferreira Lopes e que atenderão 16 mil moradores (Vila Oroxó, Jardim Maricá, Rodeio, Bella Cittá, Residencial Itapeti, Jardim Aracy, Ponte Grande e Jardim Náutico).

A obra faz parte de um pacote de investimentos que inclui ainda o sistema Jundiapeba, que terá um reservatório de 7,1 milhões de litros, numa área entre as avenidas Anchieta e Francisco Ferreira Lopes, no bairro Vila Cardoso, em Braz Cubas. Serão 45 mil pessoas beneficiadas (em Jundiapeba e Nova Jundiapeba).

Os complexos atenderão, juntos, 61 mil pessoas. O investimento na primeira e segunda etapas é de R$ 9,4 milhões, com recursos do Governo Federal. São R$ 7,6 milhões nos reservatórios (R$ 4,1 milhões no Oroxó e R$ 3,5 milhões em Jundiapeba) e R$ 1,8 milhão para a construção das bases.

As próximas etapas, como construção de adutora e redes de distribuição, estão em fase de projetos.

Os bairros beneficiados com os novos sistemas já são atendidos atualmente com abastecimento de água. O objetivo das obras é ter uma estrutura preparada para o crescimento populacional da cidade – além da demanda atual, os dois sistemas estarão prontos para abastecer uma população de até 145 mil pessoas (previsão para 2046), sendo 52 mil pelo SAA Jundiapeba e 93 mil pelo SAA Oroxó.

Atualmente, o Semae fornece água a 98% do território urbano de Mogi das Cruzes. O sistema é composto por estação de captação, no Rio Tietê, duas estações de tratamento (ETA Centro e ETA Leste), 30 reservatórios, 26 estações elevatórias e 1.200 quilômetros de redes de distribuição.

A cidade conta ainda com as estruturas de abastecimento de núcleos isolados, formadas por poços artesianos, casas de química para tratamento da água, sistemas de bombeamento, reservatórios e redes de distribuição.

Também estão em andamento a construção do Centro de Reservação da Vila Moraes e um sistema de abastecimento na Chácara Guanabara. (Julio Nogueira)