IDEB de 6,8 da rede municipal de ensino é destaque na Câmara Municipal

Secretaria de Educação

26 de outubro de 2018
Acessibilidade

O resultado de 6,8 alcançado pela rede municipal de ensino de Mogi das Cruzes no IDEB - Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, indicador criado pelo Governo Federal para medir a qualidade da educação básica, foi um dos destaques apresentados pela Secretaria de Educação na Câmara Municipal na manhã desta sexta-feira (26/10). A audiência pública reuniu ações desenvolvidas pela Pasta no segundo quadrimestre deste ano.

“Tínhamos como meta superar a média estipulada para 2021, que era de 6,6 e superamos este índice. As escolas fazem um trabalho de qualidade mas sempre podemos melhorar e continuaremos avançando”, disse a secretária de Educação, Juliana Guedes. As escolas municipais alcançaram a nota 6,8, superando o índice anterior de 2015 que era de 6,3 e também a meta estipulada para 2021, prevista para 6,6. Mogi também supera a média nacional que ficou em 5,8 e a estadual, que ficou em 6,5.

A superação da média municipal por escolas de bairros mais distantes foi destacada pela Comissão de Educação e Cultura da Câmara Municipal. “É uma grande notícia o avanço no IDEB de escolas de bairros mais distantes, como o Jardim Nove de Julho e o Parque São Martinho”, destacou o presidente da Comissão, vereador Mauro Araújo. A audiência foi acompanhada pelos membros da Comissão, os vereadores Marcus Furlan e José Francimário Vieira de Macedo e os vereadores Antonio Lino e Edson Santos.

Durante o segundo quadrimestre deste ano, as formações voltadas para motoristas, manipuladores de alimentos e professores foram apresentadas pela secretária. O trabalho desenvolvido pelo Crescer também ganhou destaque com as ações sociais desenvolvidas pelos alunos, que possibilitou a entrega de peças de agasalho e lençóis para o Fundo Social de Solidariedade. A cozinha do Crescer da Vila Natal deverá passar por reforma no próximo ano.

A secretária anunciou a compra de tablets para as creches subvencionadas, que deverá integrar atividades de informática ao trabalho realizado pelo material de didático elaborado por técnicos da Secretaria de Educação, o IBA – Interagir, Brincar & Aprender. Outra novidade foi a identificação de um terreno para a construção de uma nova escola em Taiaçupeba. (Kelli Correa Brito)