Semae adia obra no Alto Ipiranga e abastecimento será interrompido na quinta-feira (12/01)

Serviço Municipal de Águas e Esgotos

10 de janeiro de 2017
Acessibilidade

O Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) adiou para quinta-feira (12/01), a instalação de uma válvula controladora de pressão para modernização do sistema no Alto Ipiranga. A obra, que seria realizada nesta terça (10), precisou ser suspensa devido a avarias no registro que faria a interrupção do fornecimento de água. Para realizar o serviço, será necessário desligar o sistema de bombeamento do reservatório da Sabesp, no Jardim Santa Tereza, interrompendo o abastecimento para 61 bairros e mais quatro vias isoladas (veja lista abaixo). "Com o fechamento do registro, 34 bairros ficariam sem água durante o dia. Se desligássemos o bombeamento do reservatório do Jardim Santa Teresa para realizar a obra nesta terça-feira, a interrupção do abastecimento atingiria outros 27 bairros sem que a população fosse avisada previamente, por isso decidimos pelo adiamento", afirma o diretor-geral do Semae, Paulo Beono. A válvula controladora de pressão será instalada na Rua José Cury Andere, esquina com a Avenida Japão, para melhoria da distribuição e prevenção de rompimentos e vazamentos na tubulação. "Por conta da topografia, as regiões mais baixas ficam com a pressão muito alta. Com a pressão controlada, conseguimos manter o abastecimento sem risco de rompimentos na rede", explica Beono. Os 61 bairros e as quatro vias isoladas totalizam 43 mil ligações - aproximadamente 172 mil moradores. A previsão é de que o serviço seja realizado das 5h às 13h, mas o abastecimento deve ser normalizado somente à noite. Por isso, o Semae pede aos moradores que utilizem água de forma racional: reduzir o tempo de banho, evitar a limpeza de carros e quintais e combater o desperdício ao executar as tarefas domésticas indispensáveis como a lavagem de louças e de roupas. Quem possui caixa de água em casa não sentirá os efeitos da paralisação. Ter um reservatório é fundamental para evitar transtornos durante os trabalhos de manutenção da rede ou outras intervenções que exigem a interrupção do fornecimento de água, principalmente nos locais mais altos ou que trabalham por redes bombeadas, onde é necessário mais tempo para que o abastecimento seja normalizado. A reservação de 200 litros diários para cada morador é suficiente. Assim, uma casa com cinco pessoas deve ter uma caixa com capacidade para, pelo menos, mil litros. Isso garante o abastecimento da residência por até 24 horas, mesmo sem fornecimento de água da rua. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 115 (Semae). A instalação da válvula controladora de pressão integra a Setorização de Braz Cubas, um investimento de R$ 9,5 milhões da autarquia que consiste na subdivisão da rede de distribuição de todo distrito em sistemas menores, com operação independente para redução e controle de perdas no fornecimento de água, o que agiliza manutenções e facilita a identificação de vazamentos. "Com a setorização evitaremos que, futuramente, grandes áreas do distrito fiquem desabastecidas durante os trabalhos de manutenção", conclui o diretor. Além da implantação de válvulas para controle da pressão, o projeto inclui a instalação de hidrômetros de grande porte, manutenção de registros, substituição de cavaletes e ramais, além do conserto de vazamentos em cavaletes. Até o momento, foram executados 73,7% dos serviços. (JN) Bairros que serão afetados pela paralisação do abastecimento nesta quinta-feira (12/01): São 61 bairros (considerando Jardim Layr, Jardim Layr I e Jardim Layr II como um único bairro), além de quatro vias isoladas 1. Alto do Ipiranga 2. Alto Guaianazes 3. Álvaro Bovolenta 4. Alvorada 5. Braz Cubas (bairro) 6. Caminho do Mar 7. Chácara Jafet 8. Cidade Jardim 9. Conjunto Habitacional São Sebastião 10. Conjunto Residencial do Bosque 11. Conjunto Residencial Álvaro Bovolenta 12. Conjunto Residencial Vila da Prata 13. Conjunto Santo Ângelo 14. Jardim Aeroporto 15. Jardim das Acácias 16. Jardim dos Amarais 17. Jardim Cecília 18. Jardim Dra. Liliana 19. Jardim Esperança 20. Jardim Ivete 21. Jardim Layr, Jardim Layr I e Jardim Layr II 22. Jardim Modelo 23. Jardim Planalto 24. Jardim Primavera 25. Jardim Rubi 26. Jardim Santa Tereza 27. Jardim Santos Dumont I 28. Jardim Universo 29. Loteamento Alvorada 30. Loteamento M Boigy 31. Loteamento Residencial Mirage 32. Parque Morumbi; 33. Parque Olímpico 34. Parque Santana 35. Porteira Preta 36. Residencial Novo Gama 37. Residencial Novo Horizonte 38. Residencial Santana 39. Vila Bela Flor 40. Vila Bernadotti 41. Vila Brasileira 42. Vila Cambuci 43. Vila Cecília 44. Vila Cintra 45. Vila Cleo 46. Vila Eugênia 47. Vila Ipiranga 48. Vila Jundiaí 49. Vila Lavínia 50. Vila Melchizedec 51. Vila Mogi Moderno (parte ao lado da Vila Rei) 52. Vila Moraes 53. Vila Municipal 54. Vila Nova Cintra 55. Vila Paulista 56. Vila Pomar 57. Vila Progresso 58. Vila Rei 59. Vila Sagrado Coração de Maria 60. Vila São João 61. Vila São Sebastião Vias: Estrada Jinichi Shigueno (Caputera) Rua Gaspar Conqueiro (Vila Vitória) Rua José Candido Ramos (Thaysa): Rua Antonio Vieira do Nascimento (Jardim Nathalie)