Prefeitura de Mogi das Cruzes testa uso de drones para aplicação de larvicida contra a dengue

Secretaria de Saúde

13 de maio de 2024
facebook whatsapp
Acessibilidade

A Prefeitura de Mogi das Cruzes fez um teste para uso de drones que carregam larvicida e espalham o produto para eliminar focos do mosquito Aedes aegypti em grandes áreas da cidade. O objetivo é promover posterior avaliação técnica da equipe sobre a eficácia do novo sistema.

As primeiras aplicações foram realizadas no final da semana passada em locais como Jardim Santos Dumont, onde há grandes áreas com potencial para criadouros e alta incidência de casos. O serviço compreende a imunização e o controle de pragas urbanas em imóveis e terrenos e complementa o trabalho do Núcleo de Prevenção e Controle de Endemias em locais nos quais os agentes de saúde não conseguem acessar, como telhados de casas, lajes, galpões e terrenos baldios.

A Secretaria Municipal de Saúde segue monitorando o cenário epidemiológico da dengue em toda a cidade. As Unidades Básicas de Saúde e UPAs – Unidades de Pronto Atendimento estão preparadas para prestar atendimento aos casos suspeitos ou confirmados.

Até sexta-feira (10/05), Mogi das Cruzes registrou 3.986 casos positivos de dengue e ainda aguarda resultados de 11.482 exames suspeitos.

Mogi das Cruzes recebeu a confirmação de dois novos óbitos por dengue: o quinto e o sexto óbito foram confirmados na última semana. As vítimas foram uma mulher de 38 anos, moradora na Vila Natal, que faleceu na UPA Oropó no dia 19 de abril; e uma senhora de 82 anos, moradora na Vila Industrial, com comorbidades, que faleceu no dia 4 de maio, no Hospital Municipal.